Alquimia Zen

ACUPUNTURA - FISIOTERAPIA - TERAPIA PSICORPORAL - YOGA
Rua Miguel Lemos, 44 sala 804 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ
Tels.: (21) 2521-0288 - E-mail: contato@alquimiazen.com.br

Massagem Relaxante Sinergética


A massagem envolve o alisamento, amassamento e pressão dos tecidos macios de todo o corpo, de forma sistematizada, com as mãos ou outros recursos, para que um estado de total relaxamento seja induzido.
O Relaxamento é o estado oposto ao da tensão ou estresse, fundamental para o equilíbrio energético do organismo.
A Sinergia, de forma geral, pode ser definida como uma combinação de dois elementos de forma que o resultado dessa combinação seja maior do que a soma dos resultados que esses elementos teriam separadamente.
A Massagem Relaxante Sinergética é o conjunto de interações harmônicas entre o terapeuta e a receptora com o objetivo de regularizar os níveis de serotonina, dopamina, ocitocina e endorfina no organismo para a promoção dos benefícios do estresse funcional.


O Estresse Funcional é um conceito que entende o estresse como um regulador natural do nosso organismo para pressionar nossas escolhas de vida, de forma que ela se alinhe com o princípio evolutivo, em direção a totalidade. Quando essa função é compreendida e mantida, a vida tende à saúde, ao equilíbrio e à abundância.
Entre os diversos mecanismos adaptativos do estresse, estão as reações hormonais e as neurotransmissões que interpretam as relações do organismo com o meio. Assim, compreende-se a importância da massagem como forma de descarregar as tensões excessivas do estresse através da regulação do trabalho desses hormônios e neurotransmissores.

A metodologia
Recomenda-se um programa de massagens no qual possa se estabelecer os vínculos afetivos adequados à relação terapeuta/cliente e proporcionar a sinergia almejada.
A sistematização da massagem consiste em:
1)Massagem das costas na cadeira.
2) Alongamento passivo no tatame.
3)Massagem relaxante no corpo todo
4)Massagem nos pés.
5)Relaxamento para processamento dos estímulos pelo organismo.

O trabalho tem duração de 60 minutos. A receptora poderá usar o vestuário que lhe for emocionalmente confortável, até que se sinta confortável para usar o mínimo de roupas . Assim que possível, será aplicado óleo vegetal de fácil absorção para facilitar o deslizamento, nutrir a derme e potencializar os efeitos relaxantes.

Investimento:

1) O processo de adaptação inicial é uma etapa de 4 massagens, com 50% de desconto, com valor total de R$300,00.

2) Após a etapa de adaptação a cliente determina a frequencia. O valor é R$150,00 por massagem ou um pacote de 4 massagens com valor a ser combinado.

Os hormônios e neurotransmissores:

Dopamina

A dopamina (DA) é um neurotransmissor monoaminérgico, precursora natural da adrenalina e da noradrenalina, outras catecolaminas com função estimulante do sistema nervoso central.
No decorrer de circunstâncias agradáveis, a dopamina é liberada, desencadeando impulsos nervosos, que levam a uma sensação de prazer e bem estar.
A dopamina nos motiva a agir em direção a metas, desejos e necessidades, e nos dá uma onda de prazer quando conseguimos.
Atua especialmente no controle do movimento, memória, e sensação do prazer.
Algumas outras funções:
• Comportamento e cognição
• Atenção
• Sono
• Humor
• Aprendizagem
Serotonina
A serotonina é uma monoamina envolvida na comunicação entre neurônios. Esta comunicação é fundamental para a percepção e avaliação do meio e para a capacidade de resposta aos estímulos ambientais.
Atua no cérebro regulando o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade à dor, movimentos e as funções intelectuais.
Uma das formas de aumentar a sua concentração na corrente sanguínea é consumindo alimentos ricos em triptofano, (queijo, amendoim, castanha de caju, carne de frango, ovo, ervilha, amêndoa, abacate, couve-flor, batata, banana), outra forma é praticando exercícios físicos com regularidade.
A baixa concentração de serotonina no organismo pode levar ao aparecimento de:
• Mau humor de manhã
• Sonolência durante o dia
• Inibição do desejo sexual
• Vontade de comer doces
• De comer a toda hora
• Dificuldade no aprendizado
• Distúrbios de memória e de concentração
• Irritabilidade
Cansaço e ficar sem paciência facilmente também podem indicar que o corpo precisa de mais serotonina na corrente sanguínea.
Endorfina
A Endorfina é um neuro-hormônio produzido pelo próprio organismo na glândula hipófise. Sua denominação se origina das palavras endo (interno) e morfina (analgésico).
São liberadas em resposta à dor e stress, e ajudam a aliviar a ansiedade e depressão. Semelhante à morfina, a endorfina age como um analgésico e sedativo, diminuindo a nossa percepção da dor, sendo até recomendado no tratamento de depressões leves, seus efeitos podem ser sentidos por até mais de uma hora.
Efeitos principais das endorfinas:
• Melhoram a memória;
• Melhoram o bom humor;
• Aumentam a resistência;
• Aumentam a disposição física e mental;
• Melhoram o nosso sistema imunológico;
• Bloqueiam as lesões dos vasos sanguíneos;
• Tem efeito antienvelhecimento, pois removem superóxidos (radicais livres);
• Aliviam as dores;
• Melhoram a concentração.
• Melhoram a vida sexual
Ocitocina
A ocitocina é um hormônio produzido principalmente pelo hipotálamo, é liberada diretamente no sangue através da glândula pituitária, ou para outras partes do cérebro e da medula espinhal. Embora provavelmente mais conhecida por seu papel no parto e amamentação, a ocitocina pode ter muitos efeitos de longo alcance para homens e mulheres em muitas áreas de suas vidas, particularmente quando se trata de relacionamentos e envolvimento emocional.
É popularmente conhecido como hormônio do amor. É chamada assim, pois está intimamente ligada à sensação de prazer, bem estar físico e emocional, e à sensação de segurança e de fidelidade. Faz com que um indivíduo se sinta atraído por outro, que o deseje, que sinta vontade de ficar com ele, de estar próximo. É o hormônio das relações, que torna a pessoa capaz de se doar por outra, de se agrupar, de se socializar. É o hormônio do altruísmo, da honestidade.
Cria intimidade, confiança e constrói relacionamentos saudáveis. É liberada por homens e mulheres durante o orgasmo, e pelas mães durante o parto e amamentação.
No homem, a ocitocina é capaz de deixá-los menos agressivos, mais amáveis, generosos e com comportamentos sociais mais adequados, embora sua atuação seja muitas vezes bloqueada pela ação da testosterona.
A função da ocitocina no parto é promover as contrações uterinas, de forma ritmada, até que o bebê nasça. Quando a mulher entra em trabalho de parto naturalmente, a ocitocina produzida pelo próprio corpo encarrega-se deste trabalho.
Também têm um papel importante na amamentação. Quando a mulher amamenta o bebê, a sucção estimula a liberação de mais ocitocina, esta é naturalmente liberada e o leite flui com maior facilidade, havendo ainda um estreitamento da relação entre mãe e filho.

Fonte: http://bloginzine.com.br/site/a-massagem-aliada-ao-quarteto-da-felicidade-dopamina-serotonina-endorfina-e-ocitocina/

Voltar...
Industria Virtual...

Copyright ©2017 Alquimia Zen. "Todos os direitos reservados."